Páginas

quinta-feira, 24 de julho de 2008

A importância da poesia em sala de aula



“A poesia sensibiliza qualquer ser humano. É a fala da alma, do sentimento. E precisa ser cultivada.” Afonso Romano de Sant’Anna

Mesmo sabendo da importância da poesia na vida dos seres humanos como mostra acima Afonso Romano, muitas escolas esqueceram-na, principalmente nas séries iniciais, dando mais espaços, entre aspas, para coisas mais importantes e mais sérias, como também para textos em prosa, privando os alunos dessa “experiência inigualável”

“... se o professor não se sensibilizar com o poema, dificilmente conseguirá emocionar seus alunos.”

Sabidos de que a poesia é um dos gêneros literários mais distantes da sala de aula, é preciso descobrir formas de familiarizar e de aproximar as crianças e os jovens da poesia.





Poesia: A boneca
Deixando a bola e a peteca
Com que inda há pouco brincavam,

Por causa de uma boneca,

Duas meninas brigavam.

Dizia a primeira: "É minha!"

— "É minha!" a outra gritava;
E nenhuma se continha,

Nem a boneca largava.

Quem mais sofria (coitada!)
Era a boneca.

Já tinhaToda a roupa estraçalhada,

E amarrotada a carinha.
Tanto puxaram por ela,

Que a pobre rasgou-se ao meio,
Perdendo a estopa amarela

Que lhe formava o recheio.

E, ao fim de tanta fadiga,

Voltando à bola e à peteca,

Ambas, por causa da briga,

Ficaram sem a boneca...


Faz-se necessário, antes de iniciar as atividades poéticas, preparar um ambiente adequado, principalmente nas séries iniciais, para que os alunos sintam-se a vontade para recitar e interpretar os textos poéticos.

*Logo após a leitura da poesia, eu os questionei:

Quem gostou da poesia?


Quais brinquedos aparecem na poesia?


Então os convidei para fazer uma boneca de figuras geométrica,antes mostrei-lhes o circulo, quadrado,retângulo e triângulo, neste dia trabalhei cores e formas.


A boneca do Efraim ficou assim:



Então no dia seguinte, na roda da conversa apresentei para eles um livro mágico, que contém o significado de toda palavra que a gente não conhece... O dicionário, ficaram interessadissímos, deixei que fizessem perguntas pra eu consultar o dicionário pra eles, então procurei pra eles algumas palavras do poema, "amarrotada, estopa,recheio..."

fizemos um marcador de página com papel cartão, folha de sulfite colorida e bombril para o cabelinho... ficou uma graça.

Literatura e Educação Infantil


A leitura produz sensações estéticas (prazer). Realizando simbolicamente o que leu,
o indivíduo libera seu mundo interior,organiza-se internamente, buscando conhecer-se e
vencer dificuldades.

Para ser criativo é preciso ter liberdade e saber usá-la. Cabe a nós, educadores,
encorajarmos o nosso aluno a se expressar, abrindo um espaço interior para o
estabelecimento de vínculos afetivos.

Assim, antes de propormos a leitura de um poema, por exemplo, é preciso fazer
uma leitura de nós mesmos e do mundo. Sabemos que este processo de autoconhecimento e
do conhecimento dos nossos alunos, não é um exercício fácil, pois exige uma nova atitude
de vida.

O contato com a arte literária oral, poesia, música, adereço, dramatização são
fundamentais para o estímulo à imaginação bem como para o despertar o gosto pela
literatura infantil, por isso a poesia e as histórias podem tornar-se significativas para as crianças.